Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


26
Dez13

Este ano fui uma menina má

por rainhadasucata

Não sou casada, não tenho filhos, sou (tecnicamente) filha única e ainda vivo em casa dos meus pais, tenho 24 anos. Ainda não estou preparada para deixar de ter natal, para passar a ser eu a comprar tudo a toda a gente e não receber nada de ninguém. Não estava no ano passado e não estava este ano, mas foi o que aconteceu. Não me parece justo. Como é que isto pode ser?

Será que eu me portei mal o ano inteiro? Fui uma menina má? Não, estive desempregada o ano inteiro mas andei sempre à procura, fiz curso da vida (in)activa mandado pelo centro de emprego, fiz todas as apresentações quinzenais, fui a uma mão cheia de entrevistas. Não fiz mal a ninguém, não me meti nos copos nem nas drogas, não traí o meu namorado, não fiz sexo anal. Comecei a fazer exercício, fui às compras de supermercado todas as semanas, ofereci lembranças quando viajei e presentes aos filhos das amigas. Aturei merdas de muita gente e tentei ao máximo que não tivessem que aturar as minhas.

"Ah o natal é para as crianças" mas quando é que eu deixei de ser criança, e porque raio ninguém me avisou? Tanta coisa na minha vida que está na mesma desde que eu era criança, inclusivé a minha altura, os meus pés e a minha cara. Ainda não posso fazer o que eu quero. Porque é que têm de me tirar já o natal?

O ano passado custou mais, este custou menos. Acredito que a partir de agora custe sempre menos um bocadinho. Mas é bem pior do que quando descobri que o Pai Natal não existe.

 

O que mais me lixa? As pessoas preocuparem-se mais com a obrigação de dar alguma coisa aos outros, aos de fora, "para não parecer mal", e fazer o brilharete com o dinheiro, o trabalho e a imaginação dos outros, e quem está cá em casa não interessar.

É tudo, por agora, para o ano há mais.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Miss_Moi a 01.01.2014 às 23:17

Efeitos da crise.
A cada ano que passo recebo menos presentes. Sinceramente, não ligo muito a isso. Temos de agradecer ao nosso Governo.
Feliz 2014.
Imagem de perfil

De rainhadasucata a 09.01.2014 às 20:39

Pois, mas eu desculpo e percebo vindo de algumas pessoas que não podem mesmo (embora haja sempre alternativas), custa-me mais ser compreensiva é quando sei que esse não é o motivo, e principalmente quando são pessoas mesmo muito próximas de mim. Tento não ligar, mas para ser sincera ligo. Bom ano para ti também :)
Sem imagem de perfil

De Coisas e Cenas a 09.01.2014 às 20:06

Tão de acordo...! Eu ligo a presentes e a dá-los e a recebê-los: tenho 40 anos e o Natal também é isso sim senhor, porque outras festas de família em que não se trocam presentes há o resto do ano, santa paciência.
Por isso façam lá uma coisa com as próprias manápulas, reciclem ou percam a cabeça, mas espero presentes da família e amigos (perdoa a repetição, mas há quem pense nuns e noutros e não em ambos como um todo) e não peço desculpa por isso.
Imagem de perfil

De rainhadasucata a 09.01.2014 às 20:37

Haja alguém que me compreenda!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Bloglove me

Follow on Bloglovin

Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D







Pesquisar

  Pesquisar no Blog